Saiba quais são as situações que garantem a realização do teste para Covid-19 pelo plano de saúde

Ficar atento às orientações do plano de saúde para a realização do teste para Covid-19 é algo essencial para garantir um bom atendimento.

Com a chegada da pandemia não se fala em outra coisa se não no teste para Covid-19. É fato: a pandemia ocasionou um pane em todo o sistema de saúde, seja ele público ou particular.

Chegando de surpresa, o Coronavírus, despertou diversas dúvidas, sobretudo, como o plano de saúde cobre a realização do teste ou o tratamento, caso necessário.

Logo nos primeiros meses, a realização dos testes disponíveis possuíam um custo alto, o que acabou assustando ainda mais a todos. No entanto, não demorou muito tempo para a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) entrar em ação e esclarecer todas as dúvidas.

Portanto, a partir de março, ficou decidido que as operadoras de saúde deveriam disponibilizar o teste para Covid-19 para que seus clientes pudessem fazer.

Entretanto, houve uma exigência: só poderia fazer o exame aqueles clientes que possuem o seu plano de saúde nas categorias ambulatorial, hospitalar ou referência.

Quando o teste para Covid-19 é coberto?

Como já citamos em outro artigo, existem dois testes que podem ser feitos para o diagnóstico da Covid-19: o PCR e o sorológico. 

O PCR é coberto nos casos em que há indicação médica. O mesmo segue com o protocolo e as diretrizes técnicas definidas pelo Ministério da Saúde. Além disso, este deve ser colhido entre o segundo e oitavo dia do início dos sintomas.

Já o sorológico deve ser solicitado pelo médico em alguns casos específicos, tais como:

  • Pacientes com Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) a partir do oitavo dia do início dos sintomas; 
  • Crianças ou adolescentes com quadro suspeito de Síndrome Multissistêmica Inflamatória pós-infecção pela Covid-19. 

Vale destacar que este deve ser colhido após 3 a 4 semanas do término dos sintomas.

teste covid-19, informações

Quando existem exceções?

As exceções se aplicam sobre o teste para covid-19 sorológico em alguns casos, tais como:

  • Quando o paciente realizou o PCR e o mesmo apresentou resultado positivo para SARS-CoV-2;
  • Quando o paciente já realizou o teste sorológico, com resultado positivo;
  • Para pacientes que tenham realizado o teste sorológico, com resultado negativo, em um curto período de tempo (menos de uma semana);
  • Em teste rápido, inclusive testes de farmácia;
  • Pacientes cuja prescrição tem finalidade de rastreamento. Ou seja, aqueles que realizaram alguma viagem, irão retornar ao trabalho, para pré-operatório, controle de cura ou contato próximo/domiciliar com caso confirmado;
  • Para verificar a imunidade pós-vacinal.

Preciso fazer o teste para Covid-19, o que fazer?

Foi ao médico e ele indicou que um teste para Covid-19 fosse feito? Assim, o primeiro passo é entrar em contato com a sua operadora de saúde.

Em decorrência da grande quantidade de casos, o ideal é entrar em contato via telefone ou WhatsApp. Assim, você poderá marcar o dia que há disponibilidade para a realização do exame.

Essa medida adotada pelas operadoras visa o maior cuidado com a saúde de cada paciente. Isso, sobretudo, daqueles que estão só com suspeitas leves.

Portanto, caso ainda tenha algum tipo de dúvida sobre como proceder e usar o plano de saúde para COVID-19, indicamos que sempre entre em contato com a operadora responsável.

Isso, principalmente antes de ir até o atendimento mais próximo. Os riscos de contaminação estão altos, por isso todo cuidado é pouco.

Enfim, agora que você já sabe mais detalhes sobre a realização do teste para Covid-19 pelo plano de saúde, ficou muito mais fácil garantir seu atendimento, não é mesmo? Siga nossas dicas e continue se cuidando, usando máscara, mantendo o distanciamento social e higienizando as mãos com frequência.

Gostou? Confira nossos demais conteúdos!

Deixe um comentario

Postagens recentes

#Curta nossa Fan Page